Páginas

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

JUNO


Amiguinhos que têm acompanho o blog, tenho estado ausente por motivo de sobrecarga de trabalho, mas a partir de agora vou tentar voltar às atualizações com mais frequência. Fui esta semana ao cinema para ver Juno, o filme mais comentado do Oscar e que recebeu diversas indicações, inclusive o de melhor filme, mas que perdeu para "Onde os fracos não têm vez", que ainda não vi pois não chegou na província.

Mesmo tendo perdido este prêmio, o de melhor roteiro original foi dele, ou seja, de Diablo Cody, a enigmática roteirista que fez Hollywood estremecer e fez o filme ganhar projeção maior que o esperado.

O filme é bom, o roteiro sem dúvida é ótimo e a trilha sonora é super original. Eu amei, e já até baixei. Gostei muito da atuação da atriz Ellen Page, o texto dela era muito bom e ela estava muito à vontade no papel, como se ela própria fosse Juno. Recomendo, mas só achei que ele tem um ar de sessão da tarde.


Pequena Sinopse : Juno MacGuff (Ellen Page) é uma adolescente que engravida de maneira inesperada de seu colega de classe Bleeker (Michael Cera). Com a ajuda de sua melhor amiga, Leah (Olivia Thirlby), e o apoio de seus pais, Juno conhece um casal, Vanessa (Jennifer Garner) e Mark (Jason Bateman), que está disposto a adotar seu filho, que ainda nem nasceu. A partir daí a história se desenrola ao mesmo tempo que sua barriga não pára de crescer.


Elenco: Ellen Page, Michael Cera, Jennifer Garner, Jason Bateman, Olivia Thirlby, J.K. Simmons, Allison Janney, Rainn Wilson, Lucas MacFadden.


Direção: Jason Reitman


Gênero: Comédia


Distribuidora : Paris Filmes


quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Point Cultural

Oi, gente
O trabalho árduo tem me tirado o tempinho que eu tinha para escrever, mas não vou desanimar, sempre que surgir uma dica eu venho aqui postar para vocês.
Hoje vou recomendar um site novinho em folha que já é sucesso entre os amantes das artes como música, leitura e cinema. Estou falando do site Point Cultural, que se trata de um fórum aberto de discussão de livros, filmes e músicas. Para começar a participar, basta fazer o cadastro, que é super simples. Dê um clique lá e depois me conta o que achou.
A gente se vê lá, beijos

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Novo blog para publicitários

Minha amiga Ana Cecília me invejou ( inveja boa e de uma boa amiga é sempre permitido) e fez um blog também. Ela, que se forma este ano em Publicidade e Propaganda, vai começar a contar os bastidores de sua agência. Está recomendadíssimo! Sucesso, Ana!
Quem quiser conferir, dê um clique em Âmago Comunicação.
Beijos

Dica de leitura leve e engraçada : Os Anjos de Badaró


Oi, gente

Após o feriadão do Carnaval, em que nem cheguei perto do computador, volto com uma dica imperdível de leitura despretenciosa. Se você achou minha dica do MST uma leitura uma tanto pesada (talvez seja mesmo), hoje eu trago uma super dica de um livro muito legal, principalmente para quem gosta de comédia : Os Anjos de Badaró, de Mário Prata, um dos meus escritores favoritos. E neste gênero, ele é muito bom.

Sou fã de suas crônicas, e de seu estilo leve e ao mesmo tempo inteligente de contar história.


Pequeno resuminho do livro : Ozanan Badaró é um gine­cologista, discreto e competente, que um dia receberá um convite absolutamente inusitado. Será que ele não aceitaria catalogar, provar e treinar, digamos assim, garotas de programa? Ele aceita, acreditando que finalmente um belo trabalho caiu do céu. Assim nascem os anjos do Badaró.
Bem, você pode imaginar em que mundo nosso ginecolo­gista mergulhou. O mundo fascinante e perigoso das garotas de programa mais sofisticadas da cidade. Badaró é um homem experiente mas não ficará imune aos apelos desta nova vida. E ele se envolve, e se apaixona, e enriquece tanto, que um dia alguém vai querer matá-lo. Quem teria interesse em assassinar Ozanan Badaró?


Ágil e original, esse livro foi escrito ao longo de seis meses. E o mais interessante é que ele foi todo escrito pela Internet - através do site www.marioprataonline.com. br, conectado ao portal Terra. A cada dia, o autor escrevia um capítulo - e lia sugestões online de leitores.

O resultado final vale a pena ser lido, e o livro é tão leve que em 3 dias no máximo você já decifrou este enigma.

O livro é da editora Objetiva e tem 352 páginas.

Quem gostou e quiser deixar comentário, a gente discute. Eu li este livro há uns 6 anos atrás, e vou relê-lo para matar as saudades. Sim, é claro que eu tenho este livro na minha estante, conservadíssimo como se eu tivesse acabado de comprar.

Boa leitura, beijo a todos, até o próximo post!



sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Pegadinha do espelho

video

Olá,

Eu ri muito com este vídeo e espero que vocês se divirtam também.

Beijos

Outra dica de filme : Pecados Íntimos


Olá, gente
Demorei uns dias para voltar a atualizar o blog, estava muito corrido no trabalho. Hoje consegui uma brecha para mais uma dica de filme, e esta é uma senhora dica, pois este filme vale muito a pena ser visto e revisto. Trata-se de Pecados Íntimos ( Little Children) do diretor Todd Field, uma obra prima cinematográfica.
O filme recebeu diversas indicações a diversas premiações: não apenas teve o reconhecimento do Globo de Ouro e BAFTA com indicações importantes, mas também do Sindicato das Mulheres Jornalistas da América, da Associação de Críticos de Nova York, de São Francisco e de Washington, e muitos outros.

Pequena sinopse do filme : Sarah (Kate Winslet), que foi indicada ao Oscar de melhor atriz por esta interpretação, e Richard Pierce (Gregg Edelman) são pais de Lucy (Sadie Goldstein). No playground, a menina faz amizade com Aaron (Ty Simpkins), filho do casal Brad (Patrick Wilson - do grupo Wizard) e Kathy (Jennifer Connelly). Por causa da amizade dos filhos, o casal se conhece, e começam a passar muito tempo junto, pois Sarah não trabalha, pois não precisa, e Brad que está desempregado e almeja prestar o exame da ordem, vive às custas da esposa, que é produtora de documentários. A partir daí surge um jogo de sedução que coloca Sarah e Brad num relacionamento extraconjugal. Ambos se entregam à paixão, e pensam em deixar suas vidas, mas isso se torna mais difícil do que eles pensam.
Mas além deste relacionamento, o filme traz histórias paralelas muito fortes, como um ex-presidiário que mora na pequena cidade apenas com sua mãe, e que cumpriu pena por pedofilia. Após sair da prisão, ele tenta reconstruir sua vida mas sofre preconceitos de toda cidade, e passa a ser perseguido por um policial que tenta manter a ordem. O policial é amigo de Brad, e tem sua própria e comovente história que se desenrola durante o filme.

Enfim, o filme precisa ser visto com calma, em uma tarde em que você não tem mais nada para fazer, pois após subir o letreiro, você ainda vai ficar um bom tempo no sofá pensando no filme.

Elenco : Kate Winslet, Patrick Wilson, Sadie Goldstein, Ty Simpkins, Jennifer Connelly, Jackie Earle Haley.

Direção : Todd Field

Gênero : Drama

Distribuidora : Playarte

Ano : 2007